DÚVIDAS FREQUENTES

  • É possível financiar um imóvel 100%?

Depende da situação do imóvel, mas geralmente se consegue 80%. Se você tem uma valor bom de FGTS, possivelmente não será necessário dar entrada, pois o fundo é considerado um recurso próprio que somado ao valor do financiamento totaliza o pagamento integral.

  • Quando é liberado o valor do financiamento?

No dia da assinatura do contrato, o valor do financiamento é depositado na conta do vendedor. O valor é liberado após a devolução do contrato registrado junto ao Cartório competente e conferência do registro feita por um funcionário do banco.

  • É necessário já possuir o terreno para financiamento da construção?

Não. A Caixa Econômica financia, além da construção, a aquisição do terreno. No caso do beneficiado já possuir o lote este entrará como garantia. Quando é feito financiamento só da construção, é possível pegar até 100%; financiando terreno + construção, financia até 80%.

  • No caso de financiamento de construção, a Caixa paga somente o material de construção ou a mão de obra também?

O financiamento paga tanto materiais de construção como mão-de-obra. E o mais interessante é que a primeira parcela do financiamento você só vai pagar quando o imóvel já estiver pronto. Assim, você não precisa pagar a prestação e aluguel ao mesmo tempo.

  • Sou aposentado(a), eu posso fazer o financiamento?

Sim.

  • Sou autônomo (comerciante, taxista, pedreiro, etc.) como posso fazer o financiamento?

Sim, desde que tenha como comprovar renda, por meio de IR, RPA com as devidas Darfs recolhidas, Extratos de conta corrente, Extratos de cartão de crédito.

  • Não sou casado(a) no papel, posso juntar a renda com minha(meu) esposa(o)?

Sim.

  • Quais os custos que tenho com documentação e impostos?

O valor médio calculado é de 5% a 7% do valor de compra e venda do imóvel. Nesta porcentagem está incluso o ITBI, os custos da Caixa e o Cartório de Imóveis. Todos esses custos são obrigatórios e por conta do comprador. Lembrando que a GAMA não cobra nada pelo serviço prestado.

  • Qual o prazo do financiamento PCVA?

Estando toda a documentação do imóvel, onde é solicitado documentos extras, toda em ordem e atualizada, pode-se dizer que num prazo de 15 dias pode-se assinar o contrato; quando no decorrer do processo existir exigências, e isto precisa ser cumprida muito rápido, pode aumentar um pouco este prazo.

  • Qual o prazo do financiamento SBPE?

O processo SBPE é bem mais ágil, pois é feito diretamente. Pode-se afirmar que um processo sem FGTS assina-se em 10 dias e com liberação de FGTS, em torno de 15 dias, estando a pasta completa, com laudo de engenheiro, vendedor e comprador apresentando a documentação necessária.

  • Em quais circunstâncias posso usar o FGTS?

O proponente precisa ter algum vínculo com a cidade. Se for de residência, comprovar 12 meses de moradia, que pode ser contrato de locação, contas de CPFL, telefone, cartão de crédito, recibo de aluguel, etc. Se for pelo vínculo empregatício, através da carteira de trabalho, Declaração de empregador. Porém existem casos que mesmo tendo estes vínculos, pode existir impedimentos.

  • Pendências no meu nome ou comprometimentos financeiros podem atrapalhar o financiamento?

Sim, CPF com restrição são impeditivos no momento da aprovação do crédito. Os comprometimentos financeiros podem dificultar na aprovação do crédito, pois da renda bruta, pode ser utilizado até 30% para financiamentos, somando crédito imobiliário, financiamento de carro, CDC, empréstimos, etc.

  • O imóvel da transação precisa estar com toda a documentação completa e regularizada?

Sim. O imóvel tem que estar livre de ônus, regularizado junto a Prefeitura e Cartório de registro.

  • Os documentos precisam ser cópia autenticada?

Todos os documentos são cópias simples, exceto declaração do empregador que precisa ser original. No momento da entrevista habitacional, apresentar as cópias e os originais para que seja feita a autenticação pelo Correspondente Caixa Aqui.

  • Qual o custo que deve ser pago ao Correspondente Caixa Aqui?

O Correspondente Caixa Aqui é remunerado pela Caixa Econômica Federal, portanto não é cobrado nenhum valor do cliente vendedor e nem comprador.

Caso alguma dúvida não tenha sido esclarecida, ENTRE EM CONTATO conosco para que possamos esclarecê-la.